FDI destruíram sede do Hezbollah em Alepo na Síria, 38 mortos, 5 membros do Hezbollah

Relatório: Pelo menos 38 mortos no ataque israelense em Aleppo, 5 deles membros do Hezbollah

O Centro Sírio de Monitorização dos Direitos Humanos, uma organização de oposição ao regime de Assad que opera a partir de Londres, informou que pelo menos 36 pessoas foram mortas e dezenas de outras ficaram feridas em ataques atribuídos a Israel na área do Aeroporto Internacional de Aleppo, no noroeste da Síria. Além disso, observou-se que os ataques visavam um depósito de armas do Hezbollah localizado nas proximidades. De acordo com outro relatório, cinco dos mortos são agentes do Hezbollah. O Ministério da Defesa sírio afirmou que o ataque israelense foi realizado com um UAV.

Relatório: O ataque “israelense” na Síria foi realizado com mísseis com alto material explosivo

O jornal catariano “Al-Arabi Al-Jadid” informou a partir de fontes que o ataque “israelense” na Síria, realizado com mísseis com material altamente explosivo, teve como alvo um edifício que servia de quartel-general do Hezbollah na área a leste do aeroporto de Aleppo em noroeste da Síria. Segundo as fontes, um dos mísseis de defesa sírios caiu perto de uma aldeia e provocou um incêndio. Não se sabe se as pessoas ficaram feridas como resultado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *